Sao Paulo / SP - sábado, 21 de outubro de 2017

METABOLOGIA

TIREÓIDE

 


 

I- É responsável por nosso metabolismo mai s eficiente ou não, atuando em diversas áreas de nosso organismo.

Hipotireoidismo sub-clínico (limite inferior)

Hipotireoidismo ou Cretinismo: é a deficiência dos hormônios tireoidianos com graves conseqüências para o organismo, incluindo aumento de peso.

Perspectivas – Desde que tratado corretamente é relativamente fácil controlar, mas é uma moléstia crônica.

 

II- Hipertireoidismo: É o aumento dos hormônios tireoidianos com aumento proporcional dos sintomas. Geralmente a pessoa tem perda de peso (magra) e é agitada.

Perspectivas – O tratamento é um pouco mais complexo que o anterior, mas apesar de crônico é controlável.

 

III- Outras tireopatias: Hashimoto, tireopetros, ETC.,

 

DIABETES MELITUS

 


 

Tipo I: Geralmente ocorre em pacientes com menos de 15 anos e no momento sempre é insulina-dependente.

Perspectivas: Com a Engenharia genética, células troncas e eventual insulina aerosol e outras terapêuticas em evolução que ajudaram a compensar.

  

Tipo II: É a doença multidisciplinar que está acabando com a saúde de milhões de pessoas no mundo. Geralmente além do diabetes, apresentam obesidade principalmente abdominal (visceral), hipertensão arterial, cardiopatias e quando os sintomas a aparecem já fez um imenso estrago no organismo é a ponta do iceberg.

Perspectiva: Representa aproximadamente 90% dos casos de diabetes, é possível controlá-la, mas é necessário em primeiro lugar tratar a obesidade seguida do tratamento dos outros comprometimentos orgânicos, nutrição, exercício se for possível e não dar facilidades para que os estragos continuem, pois ela tem um índice de morbidade incrivelmente superior comparados com os mesmos problemas individualmente, incluindo as alterações do colesterol total e suas frações.

 

Alterações de órgãos sexuais

Pseudo-hermafrodita, hermafrodita verdadeiro, síndrome de Turner, etc.

 

Perspectivas: São moléstias complexas de origem congênita, fenotípica e tratamentos mais complexos.


GERIATRIA – GERONTOLOGIA

 


 

Envelhecer bem é o ideal de todo ser humano e depende muito dos hábitos mantidos durante toda a vida. É evidente que esse é um processo irreversível, mas este não acontece da mesma forma para todas as pessoas, por isso, há uma grande preocupação com a qualidade de vida e promoção da saúde para que se alcance uma velhice saudável, produtiva e feliz. Duas especialidades médicas estão envolvidas neste processo. São elas

 

Gerontologia: ciência que estuda o processo do envelhecimento, levando em consideração todos os aspectos ambientais e culturais do envelhecer.

 

Geriatria: ciência que estuda e trata das doenças da terceira idade, mas que também se preocupa em prolongar a vida com saúde.



Uso de Somatotrophina (HGH) na prática médica

(HGH) Somatotrophina

 

1-Composição: é composto por 191 aminoácidos (polipeptídeos-proteinas) não apresentam rejeição,

2-Obtenção: obtido por engenharia genética - DNA  recombinante,

3-Caractéristicas: idênticas ao hormônio natural,

4-Aplicações: crianças acima de 1 (um) ano quando apresentam defasagem de crescimento. Adultos Somatopausa com as seguintes expectativas.

 

Primeiro mês

  • Aumento de energia
  • Melhoram as Histaminas
  • Sono melhor e mais sadio sentido-se mais revigorado ao acordar
  • Atitude mais otimista e melhora do humor

 

Segundo mês

  • Melhora da tonicidade da pele
  • Melhora da visão principalmente noturna
  • Melhora do tônus muscular
  • Perda de peso com diminuição da gordura visceral
  • Digestão melhor
  • Função sexual revigorada

 

Terceiro mês

  • Melhora do raciocínio incluindo o desejo de desenvolver projetos
  • Aumento do músculo principalmente se houver atividade física concomitante
  • Recuperação mais rápida de ferimentos e de distensões musculares
  • Crescimento dos cabelos
  • Redução dos sintomas da TPM
  • Alívio de alguns sintomas da  Menopausa
  • Maior flexibilidade do corpo
  • Aumento do desejo sexual
  • Aumento da densidade mineral óssea - Osteoporose
  • Menos dor

 

Quarto mês

  • Mesmos itens acima só que exacerbados
  • Aumento da densidade mineral óssea - Osteoporose

 

Quinto mês

  • Redução da aparência dos enrugamentos
  • Melhora da textura e da aparência da pele
  • Maior elasticidade da pele
  • Melhora dos cabelos com aparência mais brilhante e saudável
  • Redução importante das medidas do corpo pela diminuição da gordura visceral e periférica, com músculos mais fortes
  • Aumento da densidade mineral óssea - Osteoporose

 

Sexto mês

É onde os resultados melhor aparecem e de forma importante

  • Diminuição importante da celulite
  • O corpo apresenta um contorno melhor
  • Uma visão extremamente melhor
  • As feridas antigas já desapareceram ou estão desaparecendo
  • Algumas dores e cicatrizes desaparecem
  • Resistência mais forte às gripes, resfriados e outras doenças
  • Melhor estabilidade emocional
  • Os cabelos grisalhos começam a retornar a cor natural
  • Tolerância excelente aos exercícios
  • Em testes médicos foram encontrados alguns benefícios, tais como: redução do mal colesterol (LDL), dos triglicérides e do colesterol total, aumento do bom colesterol (HDL), normalização da PA, melhora da contratilidade do coração, melhora do sistema imunológico. Diminuição importante da gordura visceral. Com dieta e exercícios físicos apropriados, os resultados podem ser mais rápidos, mais profundos e mais pronunciados.
  • Aumento da densidade mineral óssea - Osteoporose
  • Melhora importante da qualidade de vida.

 

DECLINIO NO GH

 


 

 

 

Contra indicações Formais

  • Doenças neoplásicas em atividade
  • Hipertensão intra-craniana
  • Hipertensão intra-ocular
  • Retinopatia diabética

 

 

**Prescrição somente através de seu médico.

 

Bibliografia

Estudo catalogo nos Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia - vol.47 - nº 4 - agosto de 2003 - página 319 - Conceição et al.

Grouth Hormone in adults - Phisiological and Clinical Aspectes.

Edited by Ander and Jens O.L. Jorgensen - Danmark - Cambridge University Press - página 285.

- Aumento de densidade mineral óssea constatada pelos Dr. João Santos Caio Jr. e Dra Henriqueta Verlangieri Caio, segundo experiências clínias apresentadas nos trabalhos científicos. Os Dr. João Santos Caio Jr. e Dra Henriqueta Verlangieri Caio são sócios fundadores da Sociedade Brasileira de Densitometria Óssea em 1995 junto à Sociedade Brasileira de Radiologia.  

 

NUTRIÇÃO

 

É uma ciência muito complexa, pois estudam os alimentos e tudo o que se relaciona a eles, desde o recebimento e armazenamento até a mesa do cliente. No caso da Nutrição Clínica, é de suma importância saber sobre a patologia do paciente para poder indicar a dieta mais adequada ao seu caso, pois os alimentos e também sua forma de preparo têm o poder de contribuir para a melhora ou piora do quadro clínico de um indivíduo. Além disso, o paciente também deve estar motivado e consciente de suas limitações para que o tratamento tenha o sucesso esperado.


Bioimpedância

 


 

Na clínica é realizado o exame de Bioimpedância pela Nutricionista. Este é de fundamental importância no estudo da composição corporal do paciente, pois permite avaliar a quantidade de fluidos, gordura e massa magra presentes no organismo.  

      

O peso corporal, isoladamente, não é um indicador da quantidade de gordura, massa muscular ou da saúde dos indivíduos, pois confere apenas uma indicação quantitativa da massa total do corpo, sem avaliar a qualidade desse peso. 

   

Para a realização deste exame é utilizado um aparelho que consegue medir a gordura corporal através de uma corrente elétrica de baixa intensidade (imperceptível) através de dois eletrodos que são colocados na mão direita e mais dois no pé direito.     

A habilidade para analisar a composição corporal permite direcionar orientações médicas e nutricionais para uma mudança de hábitos e acompanhamento da eficácia do tratamento proposto com produção de histórico gráfico, o que aumenta a motivação, que é imprescindível para se obter um bom resultado.

 

A pirâmide alimentar e a saúde

 


 

Os alimentos estão distribuídos na pirâmide em 8 níveis, de acordo com o nutriente que mais se destaca na sua composição: arroz, pães, massas, batata, mandioca e farinhas em geral (fontes de carboidratos); verduras, legumes e frutas (fontes de vitaminas, minerais e fibras); carnes, ovos, leite e leguminosas (fontes de proteínas, vitaminas e minerais); óleo e gorduras (fonte de gorduras); e açúcares e doces (fonte de carboidratos). Os óleos e açúcares estão no topo da pirâmide mas, também, estão presentes na composição e na preparação dos alimentos, daí a presença destes alimentos em todos os níveis da pirâmide.


Os alimentos estão apresentados em porções. Entende-se por porção a quantidade de alimento em sua forma habitual de consumo (unidades, xícaras, fatias, colheres...) ou em gramas. Essa quantidade é estabelecida a partir das necessidades nutricionais e das dietas específicas de cada pessoa.

 

Qualidade de vida

 



Este é um tema muito presente atualmente em todos os meios de comunicação e sendo assim, na vida de milhões de pessoas. Na busca por uma melhor qualidade de vida, devemos adotar hábitos saudáveis como a prática de exercícios físicos, aliada a uma alimentação  equilibrada, sendo que esta deve conter todos os grupos de alimentos (carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas e sais minerais), mas lembrando sempre de não exagerar nas quantidades e respeitar o horário das refeições.

 

O profissional Nutricionista baseia-se na avaliação antropométrica, no consumo e freqüência alimentar, nas patologias do paciente e também no histórico de antecedentes familiares para fazer orientações nutricionais, tendo como objetivo promover uma reeducação alimentar para que o mesmo possa viver com mais qualidade de vida.

 

Contato: 

Fones: 55 11 5087-4404 ou 5087-4405 

Rua Estela, 515 - Bloco D - 12º andar - Conj 121/122 

Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002 

e-mails: drahenriqueta@vanderhaagenbrasil.com 

drcaio@vanderhaagenbrasil.com  

vanderhaagen@vanderhaagenbrasil.com

  

Site Clinicas Caio 

http://drcaiojr.site.med.br/

www.vanderhaagenbrazil.com.br

www.obesidadeinfoco.com.br
www.crescimentoinfoco.com.br
www.clinicasvanderhaagenbrasil.com.br
www.tireoidismo.com.br

  

Link Google Maps:  

http://maps.google.com.br/maps?f=q&source=s_q&hl=pt-BR&geocode=&q=clinicas+caio&sll=-23.578435,-46.645364&sspn=0.006696,0.009624&g=rua+estela,+515+-+vila+mariana&ie=UTF8&z=17&iwloc=A>/ 

 

http://dracaio.site.med.br UA-25952186-10